ESCOLA DE ARTES AJPS NO IV FESTIVAL DE ARTE POPULAR DO ALTO TIETÊ

March 19, 2016

A Associação dos Moradores do Jardim Juliana, Vila Paulicéia e Vila Suissa foi fundada em 1995 e desde 2001 funciona em seu espaço a Escola de Artes da AJPS que oferece formação artística continuada e conta com aulas regulares de acrobacias aéreas, acrobacias solo, ballet clássico, canto, violão, charanga, dança contemporânea, dança de rua e teatro principalmente para crianças e jovens, e estes fazem apresentações diversas na cidade e fora dela. Ao longo dos anos, a Associação recebeu diversos artistas e grupos da cidade e região para apresentações, trocas criativas por meio de oficinas, workshops e periodicamente leva seus alunos para museus, teatros e espaços de apresentação para assistir a outros trabalhos e complementar a formação estética e referencial oferecida. 

 

A Escola funciona de segunda a sábado, e tem programação anual intensa, mesmo nos meses de férias (janeiro e julho), período que conta com oficinas diversas. Além das aulas, há saraus periódicos, mostra interna das produções de cada turma e um espetáculo anual envolvendo todas as turmas, e desde a sua fundação foram 13 espetáculos, com elencos que chegam a ter mais de cem pessoas.

 

Em 2015, para comemorar os seus 20 anos de existência e resistência, a Associação dos Moradores do Jardim Juliana, Vila Paulicéia e Vila Suissa (AJPS), e sua Escola de Artes da AJPS, foi escolhido o texto "Mãe Coragem", do dramaturgo alemão Bertolt Brecht.

Um espetáculo Cênico dirigido por Priscila Nicoliche e produzido por Rita Bonfim, que teve como ponto de partida os atuais conflitos na Síria, e conta a trajetória de Anna Fierling a "Mãe Coragem", e seus três filhos, que buscam modos de sobreviver durante o período da Guerra dos Trinta Anos.

Ela é mercadora e comercializa de tudo para viver, tem sua sobrevivência garantida enquanto houver conflitos. E é neste processo de alienação que acaba perdendo seus três filhos sem se dar conta de que faz parte da engrenagem. 

Em Abril de 2016, este espetáculo será reapresentado no dia 01(sexta-feira) às 20h, no palco estarão cerca de 99 pessoas, entre crianças, jovens e adultos, sob as orientações de Amanda Araújo e Dani Dias (canto e música); Esther Marcondes, Erick Pimentel e Cleiton Costa (balé clássico e dança contemporânea); Fabrício Guimarães e Luciani Paulino (acrobacia solo); Marcio Pial (dança de rua); Priscila Nicoliche (teatro e direção geral) e a produção é de Rita Bonfim.

Esta apresentação ocupará todo o quarteirão do largo do Carmo, começando na praça onde serão instalados equipamentos multimídia, estrutura para acrobacia aérea (tecido e trapézio) e serão encenadas as primeiras cenas. Depois o público será conduzido para o teatro onde o espetáculo continuará seu andamento, com música ao vivo na totalidade das cenas. 

 

 

Informações sobre ingressos: A entrada é gratuita. Não efetuamos reserva dos ingressos e pedimos para todos os interessados chegarem com pelo menos 20 minutos de antecedencia para evitar dificuldades na retirada do ingresso.

 

 

Tags:

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload